Estudo afirma que ingerir QUEIJO pode ser benéfico para a SAÚDE

Queijo faz bem a saúde

No último congresso da Sociedade Americana para Nutrição, a especialista e nutricionista brasileira Marcia Otto, que atualmente é professora da Universidade do Texas (EUA), apresentou um estudo um tanto quanto controverso, mas infinitamente interessante: o queijo, que sempre foi mal visto por conta dos seus níveis de gordura saturada, pode ser um aliado da boa saúde.

Queijo faz bem a saúde

Para conduzir corretamente a sua pesquisa acadêmica, Otto dividiu um grupo de voluntários em dois grupos.

Estes grupos deveriam consumir a mesma quantidade de gordura saturada por dia, mas de maneiras distintas: enquanto um comeria carne, o outro faria consumo de queijos.

Após análise minuciosa dos voluntários, o resultado da pesquisa foi o seguinte: o grupo que se alimentou de laticínios teria 25% menos de possibilidade de sofrer derrames cerebrais ou infartos.

É sempre importante lembrar que o queijo não é composto apenas de gordura saturada: esta iguaria possui cálcio, que mantém a pressão no lugar, além de trazer aos que o consomem boas quantidades de cálcio, proteínas e potássio.

Para Olga Amancio, especialista que preside a Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição, o queijo também auxilia na quebra de gordura do corpo, facilitando o processo de emagrecimento (desde que esteja inserido em uma dieta coerente, com práticas de atividade física e ausência de hábitos ruins, como a ingestão intensa de açúcar, vício em bebida alcoólica, etc).

Se você está surpreso com o resultado deste estudo e ainda duvidando um pouco, saiba que esta pesquisa não foi a única a sugerir grandes benefícios na ingestão de queijos: os cientistas do Food for Health Ireland, da University College Dublin, da Irlanda, analisaram a relação entre alimentos lácteos – como leite, queijo, iogurte e manteiga – e o aumento de colesterol ruim.

O resultado da pesquisa foi o seguinte: a alta ingestão de queijo não está relacionada ao aumento de gordura corporal, tampouco ao aumento do LDL, o tal do colesterol ruim.

Por fim, um estudo da Universidade de Soochow, na China, revisou 15 pesquisas publicadas e, depois de avaliar cerca de 200 mil pessoas – as quais, por sua vez, tiveram a sua saúde monitorada por cerca de uma década – constatou o seguinte: as pessoas que comem queijo de forma frequente têm 18% menos chance de desenvolver doenças cardiovasculares, 14% menos chance de sofrerem ataques cardíacos e 10% menos possibilidades de AVC.

A porção indicada para consumo é de 40 gramas por dia, o que certamente não é difícil de se fazer (e colabora para que os pratos fiquem muito mais saborosos!).

É claro que, para ter uma boa alimentação, é necessário ir além do queijo.

Como dissemos em outro artigo, comer dez porções diárias de frutas, verduras e legumes é essencial para a longevidade.

Outras práticas saudáveis, como fazer atividade física e dormir bem, colaboram para a qualidade de vida, para o bem estar e, claro, para a saúde.

Se você quer investir em você, deve começar a mudar os seus hábitos o mais depressa possível.

Um bom lugar para comprar os seus queijos, frutas, verduras e legumes é o Extra Supermercado, um dos líderes de seu setor e responsável por fornecer diariamente o que há de mais gostoso (e nutritivo!).

Usufrua das delícias do hortifrúti do Extra, além de comprar os seus produtos lácteos com descontos incríveis: confira agora mesmo o folheto Extra e programe as suas próximas compras!