Dicas para escolher um animal de estimação

Animal de Estimação

Ter um animalzinho de estimação em casa traz muita alegria e diversão para família, sempre tendo em mente que são seres vivos e precisam de cuidados especiais, o animal de estimação requer espaço adequado, alimentação específica, passeios e cuidados de higiene.

Sem falar no respeito pela sua vida, o amor pelos animais é algo maravilhoso, eles são muito amorosos e fiéis a seus tutores, dependem de nós para quase tudo e por isso devemos ter responsabilidade e consciência no momento de decidirmos por ter um animal de estimação em casa.

Animal de Estimação

Para fazer uma escolha assertiva, deve-se pensar no tamanho do animal e de suas necessidades. Se você mora em apartamento, por exemplo, deve procurar por cães e gatos que se adéquem a esse espaço e ter alguns cuidados com a segurança do local, para restringir a saída deles para o acesso à rua.

Cada vez mais pessoas estão decidindo ter um animal de estimação, seja por meio de adoção ou compra em canis ou gatis de confiança e que tenham práticas corretas de criação.

Os fatores que devem ser levados em consideração no momento da escolha de um pet são conforto, preço, facilidade em cuidar da casa e tratamento que cada pet exigirá. Então vamos as dicas:

Quais animais de estimação devo escolher?

Primeiro passo é verificar se o condomínio que você reside aceita animais de estimação, quais são as restrições de locomoção, se tem local para passeio de pet e se já existem moradores no prédio com pet em casa.

Partindo dessas observações você irá definir se poderá ter um pet no seu apê ou não, outro ponto importante é o tamanho do animal e se ele faz muito barulho, se é um cachorro que late muito, se a raça é muito estressada etc.

Não necessariamente precisa ser um cão ou gato, você pode criar outros animais de pequeno porte em apartamento, veja algumas dicas:

  • Chinchila: são extremamente dóceis e tranquilos, indicado para pessoas que também possuem esse tipo de comportamento e não querem um animal muito agitado em casa. O chinchila é um misto de rato com coelho, são silenciosos e não dependem de muita atenção durante o dia inteiro. Podem ficar em casa sozinhos, basta deixar abastecido de água e comida e com o local bem higienizado, pois eles são bem tranquilos.
  • Furões: esses animaizinhos são bem enérgicos e podem ser criados em gaiolas, o qual é o mais indicado, devido a segurança do próprio pet. Eles gostam de entrar em armários, frestas e buracos e dependem de mais atenção para que não se metam em enrascada, são bem carinhosos e amigáveis.
  • Peixes: ter um aquário em casa é bem interessante, o processo de montagem e a escolha dos peixinhos pode ser feito inclusive com as crianças, para quem não tem muito tempo para se dedicar a um animal de estimação, é o mais indicado pois praticamente eles vivem sozinhos no aquário e não dependem do ser humano, somente para alimentação, já que não estão no seu habitat natural.

Quero um cãozinho ou gatinho

Cão lambendo uma criança

Os animais mais clássicos são cachorros e gatos e para escolher qual o mais indicado para você, veja essas dicas de como escolher um animal de estimação.

Os de pequeno porte são: Yorkshire, Pinscher, Pug, Poodle e Buldogue francês para quem gosta de cães de grande porte podem escolher entre o Golden Retriever, Labrador e Border Collie.

Para os amantes dos felinos deve-se ter um ambiente preparado para cria-los, pois possuem o temperamento forte e gostam de passear na vizinhança, devido a sua habilidade de caça ser inata.

Se for em apartamento, todas as janelas devem ser teladas e se for em casa, precisa ter um gatil apropriado para que ele não fuja e seja alvo de ataques de cães ou outros humanos, infelizmente.

A posse responsável é o principal fator na hora de escolher um animal de estimação, você deverá além de amá-lo, o que não é difícil, também cuidar de sua alimentação, segurança e bem-estar.

Gostou das dicas? Deixe um comentário ou compartilhe o texto em suas redes sociais.

Texto escrito por: Blog das Dicas